segunda-feira, abril 22, 2019
Início Direito Penal I Direito Penal - Territorialidade

Direito Penal – Territorialidade

-

Quando se define o Lugar do Crime é simples continuar os conceitos da Aplicação da Lei Penal no Espaço e entender os conceitos de Territorialidade presentes em nosso Código Penal.

Territorialidade

A Territorialidade está prevista no artigo 5º de nosso Código Penal e representa a soberania de um estado, ou seja, representa o poder do Estado de aplicar suas leis dentro de seu próprio território.

Art. 5º – Código Penal: Aplica-se a lei brasileira, sem prejuízo de convenções, tratados e regras de direito internacional, ao crime cometido no território nacional.

A aplicação da lei brasileira dentro de nosso território ocorre sem prejuízo de convenções, tratados e regras de direito internacional que o Brasil assine ou faça parte.

Conceito de Território

Para que se aplique as leis em nosso Estado é necessário definir o que é considerado território e quais são seus elementos, sendo assim, Nucci em seu Manual de Direito Penal definiu território como:

“Trata-se de todo espaço onde o Brasil exerce a sua soberania, seja ele terrestre, aéreo, marítimo ou fluvial. São elementos do território nacional:
a) o solo ocupado pela nação;
b) os rios, os lagos e os mares interiores e sucessivos;
c) os golfos, as baías e os portos;
d) a faixa de mar exterior, que corre ao largo da costa e que constitui o mar territorial;
e) a parte que o direito atribui a cada Estado sobre os rios, lagos e mares fronteiriços;
f) os navios nacionais;
g) o espaço aéreo correspondente ao território;
h) as aeronaves nacionais.”

NUCCI, Guilherme de Souza (2015)

Território por Equiparação

O Território por Equiparação é aquele que, mesmo não estando dentro dos limites territoriais brasileiros, é considerado seu território por equiparação ou extensão. Exemplos destes casos estão previstos nos parágrafos do artigo 5º de nosso Código Penal e são:

    • As embarcações e aeronaves brasileiras, de natureza pública ou a serviço do governo brasileiro onde quer que se encontrem.

Exemplo: Um navio da marinha brasileira ancorado em porto estrangeiro é considerado território nacional.

  • As aeronaves e as embarcações brasileiras, mercantes ou de propriedade privada, que se achem, respectivamente, no espaço aéreo correspondente ou em alto-mar.
Art. 5º, §1º – Código Penal: Para os efeitos penais, consideram-se como extensão do território nacional as embarcações e aeronaves brasileiras, de natureza pública ou a serviço do governo brasileiro onde quer que se encontrem, bem como as aeronaves e as embarcações brasileiras, mercantes ou de propriedade privada, que se achem, respectivamente, no espaço aéreo correspondente ou em alto-mar.

Aplicação da Lei Penal em Aeronave Estrangeira

- Publicidade -

A Lei Penal brasileira será aplicada aos crimes cometidos em aeronaves ou embarcações privadas estrangeiras que estejam sobrevoando ou estacionadas em território, espaço aéreo, mar ou porto nacional.

Art. 5º, §2º – Código Penal: É também aplicável a lei brasileira aos crimes praticados a bordo de aeronaves ou embarcações estrangeiras de propriedade privada, achando-se aquelas em pouso no território nacional ou em vôo no espaço aéreo correspondente, e estas em porto ou mar territorial do Brasil.

Gostou? Compartilhe!

5 Estrelas?

Votos: 0 | Nota: 0

Cola Jurídicahttps://www.colajuridica.com
Tendo como lema: "Direito na palma da mão". O Colá Jurídica enxergou um mundo dominado por concursos na área jurídica e resolveu se preocupar com aqueles que realmente se dedicam ao cumprimento da lei, os estudantes de direito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Redes Sociais

573FãsCurtir
25,769SeguidoresSeguir
1,729SeguidoresSeguir
83InscritosInscrever

Populares

Direito Civil – Bens Divisíveis, Singulares e Coletivos

Após ver os conceitos sobre Bens Fungíveis e Consumíveis, continuaremos nossas aulas sobre os Bens Considerados em si Mesmos com os artigos 87, 88,...