segunda-feira, abril 22, 2019
Início Teoria da Constituição Direito Constitucional - Poder Constituinte Derivado Reformador

Direito Constitucional – Poder Constituinte Derivado Reformador

-

Como dito em nossa última aula, o Poder Constituinte Derivado pode ser dividido em Reformador e Decorrente, sendo assim, esta aula irá falar sobre o Poder Constituinte Derivado Reformador bem como suas limitações.

Poder Constituinte Derivado Reformador

O Poder Constituinte Derivado Reformador é aquele que possui o poder (capacidade) de modificar a Constituição, obedecendo sempre as regras impostas pelo Poder Constituinte Originário, através das Emendas Constitucionais.

Limitações

Por ser derivado do poder originário, o Poder Reformador está sujeito a diversas limitações circunstanciais, formais, materiais e temporais.

  • Limitações Circunstanciais: Ocorrem quando a Constituição não pode ser alterada devida alguma circunstância em especial, no caso do Brasil, essas limitações estão dispostas no §1º do artigo 60 de nossa constituição e preceita a não possibilidade de se emendar a CF em caso de Intervenção Federal, Estado de Defesa ou Estado de Sítio.
Art. 60, §1º  – CF/88: A Constituição não poderá ser emendada na vigência de intervenção federal, de estado de defesa ou de estado de sítio.
  • Limitações Formais: É o processo imposto pelo Poder Originário para que uma Emenda Constitucional seja válida. Se enquadram nesse processo a competência para apresentar uma proposta de Emenda Constitucional (Fase Introdutória), a deliberação parlamentar e executiva para a aceitação da proposta (Fase Constitutiva) e promulgação e publicação (Fase Complementar)
Art. 60, caput, §2º e 3º – CF/88: A Constituição poderá ser emendada mediante proposta:
I –
de um terço, no mínimo, dos membros da Câmara dos Deputados ou do Senado Federal;
II –
do Presidente da República;
III –
de mais da metade das Assembléias Legislativas das unidades da Federação, manifestando-se, cada uma delas, pela maioria relativa de seus membros.
§ 2º
A proposta será discutida e votada em cada Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, considerando-se aprovada se obtiver, em ambos, três quintos dos votos dos respectivos membros.
§ 3º
A emenda à Constituição será promulgada pelas Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, com o respectivo número de ordem.
  • Limitações Materiais: As Limitações Materiais são aquelas que impedem a Emenda Constitucional de versar sobre determinados conteúdos. Esses conteúdos são chamados de “Clausulas Pétreas e são determinados em nossa constituição no §4º do artigo 60.
Art. 60, §4º – CF/88:
Não será objeto de deliberação a proposta de emenda tendente a abolir:
I –
a forma federativa de Estado;
II –
o voto direto, secreto, universal e periódico;
III –
a separação dos Poderes;
IV –
os direitos e garantias individuais.
  • Limitações Temporais: Condicionam as mudanças constitucionais a um limite de tempo. Não é adotada pelo Brasil.
- Publicidade -

Gostou? Compartilhe!

5 Estrelas?

Votos: 0 | Nota: 0

Cola Jurídicahttps://www.colajuridica.com
Tendo como lema: "Direito na palma da mão". O Colá Jurídica enxergou um mundo dominado por concursos na área jurídica e resolveu se preocupar com aqueles que realmente se dedicam ao cumprimento da lei, os estudantes de direito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Redes Sociais

573FãsCurtir
25,769SeguidoresSeguir
1,729SeguidoresSeguir
83InscritosInscrever

Populares

Direito Civil – Bens Divisíveis, Singulares e Coletivos

Após ver os conceitos sobre Bens Fungíveis e Consumíveis, continuaremos nossas aulas sobre os Bens Considerados em si Mesmos com os artigos 87, 88,...